A SONATA MALDITA

Ano: 2018
Gênero: Suspense / Terror
Plataforma: Prime

Sinopse: Uma talentosa violinista herda uma mansão do seu recém falecido pai, que era um excelente compositor de músicas clássicas. No local, ela descobre uma misteriosa partitura, diferente de tudo que ela já havia visto.

Faz tempo que esse filme estava na minha lista do Prime. Ele me atraiu a atenção por ter uma premissa que procura ser diferente das mesmisses. Além disso, envolver música clássica em um filme de terror é a melhor combinação possível se o diretor souber executar bem a ideia.

É esse o caso? Na maior parte do tempo, sim. É um filme muito bem ambientado, pois utilizam uma mansão antiga nas filmagens, que se encaixa perfeitamente com a proposta.

As atuações são razoáveis. Não chegam a ser excelentes. A protagonista é fraquinha e inexpressiva, mas conseguiu convencer quando tocou violino. As trocas de ângulos de câmeras ajudaram também. O ator que interpretou o papel de empresário da garota atuou muito bem, conseguindo evoluir bem seu personagem até o fim.

A trilha sonora é obviamente maravilhosa. Músicas clássicas que contribuem para o clima proposto.

A história é excelente. Repleta de mistérios e investigações baseadas em seitas e simbologias (um dos temas que mais adoro num filme de terror). Em alguns momentos até me lembrou do filme O Último Portal.

O que estragou foram os péssimos jump-scares e os péssimos efeitos computadorizados. Fiquei muito frustrado. O elemento terror é uma bosta! Se o diretor escolhesse caminhar somente no mistério e no suspense, teria marcado um golaço. Não precisava ter mostrado o cramunhão. Do jeito que filme estava caminhando bem, eu já sentia a presença do mal. Utilizar elementos visuais para demonstrar o terror jogou o filme no lixo, tirando a credibilidade que tinha conseguido construir.

De qualquer forma, pelo mistério, pela sinopse diferenciada e pela ambientação eu acho que vale a pena conferir, mas alerto que o filme possui uma progressão lenta, então os “mané-punheta-precoce” não vão gostar, pois precisa de uma certa paciência e o mínimo de boa vontade.

By:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: