ESPECIAL DE NATAL – 2021: ALL TROUGH THE HOUSE

Durante essa última semana de Dezembro de 2021, vou tentar assistir alguns filmes de terror desconhecidos (pode ser que sejam bons ou não), que utilizem como tema, o Natal.

Cada filme assistido, renderá um post onde analisarei as obras assistidas sob meu ponto de vista como fã de filmes de terror. Ou seja, é só pela diversão.

Título: All Trough The House
Gênero: Slasher
Ano: 2015

Sinopse: Utilizando uma máscara sinistra de papai Noel, um lunático persegue diversas pessoas na noite de Natal, cometendo brutais assassinatos.

Não é possível explicar muito do filme na sinopse sem que se entre em detalhes que possam estragar a experiência de quem nunca assistiu. Por isso uma sinopse simples e objetiva.

Não desanime pela sinopse crua. Achei que o filme tem elementos interessantes que fizeram com que ele valesse a pena.

Vou elencar primeiro o que achei ruim nesse filme:

1 – As atuações são fracas. Somente uma senhora que salvou o elenco. De resto, o elenco mais jovem, são formados por atores bem fraquinhos, mas deu pra relevar.

2 – A cadência do filme é bem ruim no começo. É tão ruim que corre o risco de que algumas pessoas desistam rapidamente de continuar assistindo. Para entrar no ponto principal do filme, o roteiro força muito a barra e ainda por cima as atuações não ajudam.

3 – Trilha sonora simples e básica. Não tenho muito para dizer a respeito da trilha, somente que poderiam ter feito algo melhor. Ajudaria bastante o filme.

4 – Sustos clichês e desnecessários. Como sempre, tem diretor que pensa que um filme só é terror se tiver jump-scares. Esse é mais um. É exagerado? Não achei. Deu para aguentar tranquilamente, mas quando tem, é mais do mesmo, e de péssima qualidade.

Passado os itens que deixaram a desejar, eis o que eu gostei na obra:

1 – A trama é interessante. O desfecho é muito legal, e de uma maneira ou outra, conseguiu cair nas minhas graças.

2 – Ótima ambientação. Além da imagem sinistra do assassino (vide a capa do filme nesse post), utilizam manequins com aparências simples, mas que de alguma maneira assustam. Deve ser porque manequins são sinistros por si só. Achei que foi um elemento diferente, inesperado e que deu certo. Me lembrou do filme Armadilha para Turistas (1979).

3 – A cereja do bolo: as mortes. As mortes são brutais. Muito gore e violência como um bom slasher sempre deveria ser. Quem assistir, pode até dizer que não gostou do filme, mas vai admitir que as mortes são bem pesadas. E, bem feitas, claro. Bastante sangue jorrando e até mesmo pirocas degoladas. Valeu a pena nesse quesito de entretenimento.

Happy Splatter Xmas.

Até.

By:

Posted in:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: