LIMBO – ENTRE O CÉU E O INFERNO

Disponível no Amazon Prime
Ano: 2019
Diretor: Mark Young
Classificação: Terror/Drama

Sinopse: O Limbo é um lugar neutro, entre o céu e o inferno, onde as almas passam por um julgamento para determinar qual será seu destino. É isso que ocorre com Jimmy (Lew Temple), um bandido qualquer que  pelo seu histórico de vida, aparenta um destino certo: o inferno. Porém, nada pode ser decidido sem um julgamento contando com dois anjos: Balthazar (Lucian Charles Collier), anjo caído fazendo o papel de acusação e Cassiel (Scottie Thompson), anjo representando a defesa.

CRÍTICA SEM SPOILERS.

Olá amigos leitores e fãs de terror, horror e o sobrenatural!

Como sabem, estou cavucando os filmes de terror mais atuais em busca de algo que valha a pena assistir.

Terror, embora seja o melhor gênero em minha opinião, é também o mais difícil para encontrar bons filmes.

Dessa vez, valeu a pena a caçada! Estava passando por títulos de terror no amazon prime e dando uma lida nas sinopses para ver se me despertava algum interesse. A maioria dos filmes aparentavam ser de péssima qualidade, com roteiros repetitivos e com nada para inovar ou agregar. Porém ao ler a sinopse desse filme fiquei intrigado e resolvi dar uma chance ao longa metragem.

Limbo apresenta um elenco de boa qualidade com bons atores. Não existe nehuma atuação espetacular digna de Óscar, porém todo o elenco faz um bom trabalho e fazem com que o espectador se sinta envolvido na história. Os atores que interpretam os anjos, fazem isso com frieza, sem empatia e com certa arrogância. E isso ficou muito bom!

Os visuais dos diabos são divertidos sem tornar o filme uma piada. A atuação do diabo Phil (Richard Riehle) é muito boa. Atua com uma “inocência maligna”, contando piadinhas de mal gosto, sem transformar o filme em uma comédia. O espectador da uma boa risada sem perder a seriedade e mistério da história. Vale muito a pena assistir esse filme, somente por essa atuação. Acabamos até criando um carinho pela figura do personagem.

Não é SPOILER se falarmos que fica na balança do desfecho se Jimmy irá para o céu ou para o inferno. Sendo assim, o espectador ficará olhando a tela até o fim, pois o filme apresenta um ambiente de incertezas, despertando a curiosidade desse desfecho.

Os diálogos não são profundos e o filme não procura passar uma mensagem oculta e de difíceis interpretações, porém isso não faz com que seja ruim.

Em determinados momentos o roteiro quebra um pouco o andamento da história, perdendo um pouco do clímax que vem criando aos poucos. Surgem cenas e diálogos desnecessários, querendo mostrar uma hierarquia no céu e no inferno e outras besteiras. Achei que isso foi uma falha que até chega a incomodar um pouco, porém o filme volta logo ao seu clímax inicial fazendo com que voltemos a atenção novamente.

Resumindo…

É um bom filme! Prende a atenção e sabe dar uma quebra sutil da seriedade, com momentos levemente cômicos e também dramáticos. O drama gira em torno da vida do protagonista Jimmy, que embora seja uma história sem nenhuma surpresa, encaixa bem ao tema proposto pelo roteiro. Esqueça jump-scares! Filme sem sustinho! Desligue o celular, aumente o som e preste atenção! Tenho certeza que vão gostar.

Minha nota: 3 bloody stars.

Que a caçada continue!

Agora temos Twitter: @AnaliseHorror.

Obrigado! Até logo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s