ESPECIAL TRILOGIA ROB ZOMBIE

Especial sequência de filmes de terror de autoria e direção de Rob Zombie.

Mais informações sobre: Rob Zombie

A CASA DOS 1000 CORPOS

Ano: 2003
Classificação: Terror/Gore/Slasher

Olá amigos leitores e fãs do horror e terror! Resolvi fazer um especial com uma trilogia gore do músico/diretor Rob Zombie.

Começando pela casa dos 1000 corpos:

Sinopse: Em meados dos anos 70, 2 casais amigos saem numa aventura de carro pelos Estados Unidos procurando por atrações turísticas incomuns e desconhecidas para montar um artigo com intuito de divulgar essas atrações. A sorte deles muda quando se deparam com o palhaço Capitão Spaulding (Sid Haig – falecido em 2019 aos 80 anos) e sua macabra atração circense, que em seu espetáculo conta a história sobre Dr. Satan, além de outros psicopatas famosos na história. O grupo curioso pelo caso nao resolvido do Dr. Satan acaba tendo um pneu furado indo atrás de outra atração turística referente à esse assunto e acabam indo parar na casa dos 1000 corpos.

Vou tentar não dar SPOILERS através da crítica, porém é inevitável falar de toda a trilogia sem dar spoilers de desfecho. Portanto, se você ainda não assistiu nenhum dos 3 filmes, leia a crítica da casa dos 1000 corpos, assista e depois leia da próxima sequência. E assim por diante. Digo isso, pois precisarei falar do desfecho do primeiro filme para falar sobre o segundo, assim como acontecerá para o terceiro filme.

A casa dos 1000 é um bom filme. Isso é uma afirmação! Muito embora os gêneros psicopata / gore / slasher / torturas, não sejam o meu favorito num filme de terror. Mesmo assim, somos poupados do excesso, pois o diretor não é tão chocante com as imagens de torturas e mutilações.

Não acho que o intuito de Rob Zombie foi ser mais reservado para não chocar o público, mas acredito que ele não possuía os recursos (grana) e a tecnologia na época para ser mais chocante.

O filme se ambienta nos anos 70 e faz isso muito bem. Embora filmado nos anos 2000, parece que estamos assistindo um filme dos anos 70 realmente. As imagens embaçadas, o figurino, cabelos e objetos dos cenários condizem perfeitamente com a época.

O filme se resume em agonia, desespero e aquela fobia do espectador desejando que as coisas mudem no filme. Rob Zombie, muito esperto e visionário para a época, fez um roteiro muito bom e soube dar um final espetacular ao filme. Finais que surpreendem. Talvez hoje o espectador não se surpreenda, mas para a época, com certeza foi uma surpresa.

E uma coisa que esse filme entregou muito bem foi a imagem do palhaço Capitão Spaulding. Que cara asqueroso,  sombrio e mal encarado da porra! Você deve conhecer essa figura:


O andamento da história é muito bom. O roteiro não fica procurando explicar o porquê das coisas serem da maneira que são e também não sai correndo pra contar a história. Da forma que as coisas vão acontecendo, o espectador vai ficando curioso pra saber aonde vai levar essa história e qual será o desfecho. Pra mim, pelo menos, esse foi o sentimento.

Os cenários em alguns momentos são meio precários. Acho que isso se dá pela época e a falta de orçamento, mas nada que me incomode, pois já vi filmes com mais orçamento e com cenários piores.

Rob Zombie soube entregar uma boa película com pouca grana. Valeu muito a pena!

O final é muito bom! Quando o diretor e roteirista sabem fazer um final que você fica com aquela mistura de sentimentos, sem saber o que fazer, é porque fizeram um bom trabalho! Muitas pessoas não pensam dessa maneira. Geralmente o público tende a se acomodar com o sentimento bom e feliz.

Como Rob Zombie é também um músico famoso de renome, decidiu compor as músicas do filme, que diga-se de passagem, ficaram excelentes! Saindo fora do padrão terror de Hollywood, deixando o clima ainda mais sinistro! Pra mim, a trilha sonora é espetacular!

Um fato interessante: a principal atriz do filme, interpretando uma psicopata sensual, Baby (Sheri Moon Zombie), é a própria esposa do Rob Zombie, que faz um papel excelente e convincente durante toda a trilogia, além de ir se tornando cada vez mais psicopata! E ela consegue ir se transformando cada vez mais. Excelente atriz!

Otis (Bill Moseley) e Baby (Sheri Moon Zombie) interpretam dois irmãos psicopatas durante toda a trilogia.
Bill Moseley também atua com maestria, entregando um psicopata baseado em psicopatas reais, totalmente sem nenhuma empatia. Sanguinário e cruel! Uma outra curiosidade é que em determinado momento o palhaço menciona psicopatas que realmente existiram.

Aqui vai algumas recomendações:

– Você só curte jump-scare (sustos inesperados) em filmes de terror?
– Só curte um desfecho alegre e aquele sentimento de que deu tudo certo?

Se respondeu sim, não assista esse filme! Você vai ficar com raiva e achar uma merda de filme! Ou assista e expanda a sua mente se permitindo novas experiências e diferentes sentimentos! Recomendo!

Próximo filme:

REJEITADOS PELO DIABO

Ano: 2005

Classificação: Terror/Gore/Slasher

Sinopse: No filme a casa dos 1000 corpos, dois policiais que estavam investigando o paradeiro dos casais, foram assassinados por Otis (Dr. Satan), terminando tudo com festa de presunto, para a alegria dos psicopatas. Ninguém vai preso e fica por isso mesmo. Nessa sequência, o xerife John Wydell, irmão de um dos policiais assassinados, resolve fazer justiça com as próprias mãos e caça a família de psicopatas a todo custo.

A Casa dos 1000 Corpos é um filme perturbador, mas como eu falei, achei mais discreto nas cenas slashers. Rejeitados pelo Diabo já não tem muita discrição… é morte a sangue frio com cenas muito bem feitas,  mulherada pelada a todo momento, drogas, álcool e sexo a granel! O sadismo ganha forma!

Embora Rejeitados Pelo Diabo seja mais bem avaliado que Casa dos 1000 Corpos, eu ainda prefiro Casa dos 1000 Corpos.

Rejeitados pelo Diabo é mais impactante e chocante! Um filme mais voltado ao sadismo que ao terror propriamente dito.

Nesse filme, o ator Bill Molseley está com a barba comprida, chegando até a me lembrar de Charles Manson.

O filme tem cenas de abusos sexuais que incomodam. O ator Bill Molseley realmente sabe interpretar um sádico de sangue frio. TODAS as falas dos personagens psicopatas são 100% sádicas e doentias. Em momento nenhum os assassinos demonstram fraqueza emocional, mesmo em situações desfavoráveis.

O filme é muito bom e tem uma cadência muito bem estruturada, assim como o primeiro filme. Você assiste sem perceber o tempo passar, mas sofre de agonia em algumas cenas. Quem não sente nada assistindo ao filme, precisar consultar um psiquiatra urgente, ok?

Novamente o filme é muito bem ambientado para a época que se propõe.

Esse filme já busca dar um final na história.

Na minha forma de interpretar o filme, acredito que Rob Zombie quis fazer uma crítica à mídia que apelida e enobrece os psicopatas. Fazendo com que eles cometam mais atrocidades… Será? Pode ser!  Acredito que exista essa crítica no filme sim. Que inclusive foi muito bem abordada. Espero que o intuito do diretor tenha sido criticar a mídia mesmo e não enobrecer o sadismo, afinal o que a mídia não faz para ganhar uma grana?

O final é fantástico! Uma longa cena acompanhada da música Free Brid da banda Lynyrd Skynyrd (tocada também no filme Forest Gump numa cena também maravilhosa). Veio bem a calhar com a situação do momento do filme. Pra mim ficou Ótimo! Da até vontade de assistir o final novamente.

Para fechar com chave de ouro:

OS 3 INFERNAIS

Ano: 2019
Classificação: Terror/Gore/Slasher com uma pitada de ação.

Sinopse: Em Rejeitados Pelo Diabo, o desfecho é desfavorável para o trio de assassinos Otis, Baby e o pai Capitão Spaulding, os mesmos são alvejados (20 tiros cada um) por uma barreira policial na estrada enquanto tentavam fugir. Os 3 infernais em questão, de alguma maneira sobrevivem, sendo presos e condenados a morte, porém conseguem fugir da prisão.

O Capitão Spaulding é executado e esse é o fim de um dos palhaços mais sádicos do cinema. O filme não mostra a execução, somente algumas cenas que o Capitão Spaulding é entrevistado por um repórter. Nesse momento de entrevistas, novamente surgem as críticas ao sistema e mídia. Capitão Spaulding chega até a mencionar que ele é um produto do sistema e que a mídia transforma ele no que ele é. Muito legal e interessante.

Novamente o filme é muito bem ambientado e se passa numa velocidade agradável ao espectador. Gostei muito do filme, embora já tenha um tom mais aventuresco e algumas cenas bem absurdas.

Um irmão mais distante surge na história, faz um chacina e consegue livrar seu irmão Otis da prisão.

A Baby depois é solta também, mas de uma maneira absurda e forçada. A história acaba ficando mais galhofa…

Daí pra frente não vou entrar em detalhes para não dar SPOILER. Só adianto que a Sheri Moon Zombie está atuando MUITO bem. Mais psicopata ainda. E isso é justificado pelas situações que ela vivencia na prisão.

Nesse filme, os psicopatas passam a ser heróis. Parece até que Rob Zombie quis agradar os fãs ao invés de fazer uma história um pouco mais interessante. O filme vira uma ação no final, com direito a tiroteios e sorte excessiva a favor dos sádicos.

Novamente, cenas de sexo, muito álcool, drogas e toda aquela temática dos clássicos filmes de terror.

Provavelmente muitas pessoas gostaram desse filme e quem não assistiu deverá gostar mais que os filmes anteriores. É um filme mais comercial. Não é ruim! Mas não é o melhor na minha opinião.

Resumindo, a trilogia é muito boa, com um tema muito pesado e cenas mais pesadas ainda. Existem críticas sociais bem colocadas. Tons de sarcasmo. Fidelidade nas atuações com o cotidiano. Enfim, vale muito a pena assistir, mas lembrando que o estômago tem que estar em dia. Não assista num clima depressivo ou até mesmo alegre. Os filmes são indicados para um momento de energia e com clima desafiador. Aqueles dias que você quer se superar, sabe?

Minhas notas:

Casa dos 1000 corpos: 3,8 estrelas.

Rejeitados pelo diabo: 3,6 estrelas.
3 do inferno: 3,5 estrelas.

Lembrando que são minhas opiniões e que a nota máxima é 5 estrelas. Estejam a vontade para darem as próprias opiniões e sugestões.

Boa maratona!

Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s